Buffy – The Vampire Slayer: A primeira lésbica numa Série de Tv a gente nunca esquece ;)

Buffy The Vampire Slayer – Tara e Willow: O Amor Mágico / Kennedy e Willow: Porque a vida continua, né?

Em cena: Alyson Hannigan, Amber Benson e Iyari Limon..

Definitivamente, este é o casal que sempre é lembrado, tanto pela história fofa entre a bruxinha Willow e a praticante de magia Tara, tanto pelo seu desfecho trágico e bobo. A morte de Tara é responsável por uma das maiores indignações de fãs com decisões de roteiristas que já se viu em séries, o descontentamento com a morte da moça foi geral e não foi perdoado.  Porém, foi a partir deste casal que se começou a perceber a aceitação de casais gays em série. A presença de um casal lés na série mais popular dos Estados Unidos na época, foi extremamente significativo, importante para o que viria depois no tema.

A história de Tara e Willow foi contada, a maior parte do tempo, de forma subliminar. Todos sabiam que tipo de relação existia entre elas, mas nada explicíto era mostrado. Somente uma temporada e meia depois do início da relação das duas, é que se mostrou o primeiro beijo entre elas, que aconteceu no episódio The Body, e que por sinal, foi um beijo muito fofo e natural, confirmando a relação de longos episódios ^^

Eu gosto de destacar o episódio Once more, with feeling, o episódio musical de Buffy, que apesar de não ter sido marcado por nenhum beijo, ficou marcado pela voz de Amber Bensson, cantando Under Your Spell, significado literal Sob o seu feitiço, ilustrado por uma cena que inicio romântica e delicada e fofa e terminou com uma menção a sexo oral, yes, baby, ato corajoso para a experimentação lésbica piloto na Tv ^^ Os beijos de Tara e Willow foram contados, só retornaram nos episódios Entropy e no último episódio Seeing Red, que marcou a reconciliação das duas e a morte de Tara. Mas os olhares e o amorzinho romântico e suave das duas personagens jamais serão esquecidos. Este casal merecia um final feliz, mas como não veio, ficam ao menos lembranças felizes de beijos assim ^^

E Tara foi a primeira vítima colorida dessas pessoas denominadas como roteiristas. Porém, contuto, entretanto, eles são roteiristas e pensam que tem a solução para tudo. Os fãs de Tara e Willow estavam descontentes com a morte da moça? Os roteiristas tem a solução! E colocaram na série uma personagem com cara, jeito e atitude de boa moça para ser a nova namorada de Willow. Esta moça aqui:

Eu confesso que eu fazia “ahhh que fofa!!” sempre que ela aparecia na tela. Tudo resolvido, certo? Que nada, os fãs se mantiveram fiéis a Tara e muitos não aceitaram o novo casal. Contudo, porém, entretanto, a paciência de Kennedy e o respeito que ela sempre mostrou a Tara foram conquistando pouco a pouco tanto a viúva Willow como os fãs da série. E amigas, o que é aquela cena envolvendo o pescoço de Willow, a língua de Kennedy e um piercing na citada língua? Ai ai, como disse Willow em determinado episódio “Tara, I’m sorry, baby, I’m so sorry, I Love You But…” Kennedy tem um piercing que faz qualquer imortal infartar!

Tara e Willow, Willow e Kennedy, romance subliminar, explicito, calmo, delicado e uma contribuição enorme no quesito Tv e romance entre mulheres. Willow, a primeira personagem gay numa grande série, jamais será esquecida ^^

05. Once and Again: Jessie e Katie – A doçura do Primeiro amor.

Em cena: Evan Rachel Wood e Mischa Barton

Eu gosto de falar de Once and Again ^^ Além de ser uma das historias mais fofas que eu já vi ser contada, é a historia que acompanhou, que em fez ver que definitivamente, eu não era única no mundo. Eu tinha a mesma idade das personagens em questão, então a identificação foi geral, era o meu momento estranho ali, na tv ^^ Voltando a historia, Jessie (Evan Rachel Wood) é a típica boa menina, de 13 anos de idade, boa aluna, boa filha, boa amiga, que é subitamente arrebatada pela espirituosa Katie (Mischa Barton), sua nova colega de classe. Eu gosto de rever as cenas desse seriado e ver o quanto Mischa Barton está sedutora nos seus 14 anos de idade, ela já era uma boa atriz, a forma com que ela se movimenta em cena é naturalmente sedutora, como ela olha, como sorri, pobre Jessie boa menina, quando viu, já estava apaixonadinha pela Katie de Mischa Barton. A cena do tão esperando beijo entre as duas rendeu a Once and Again um dos maiores picos de audiência da historia da série. E a maneira que toda historia se desenrolou não poderia ser mais natural. Elas se aproximam, se aproximam, os comentários sobre Katie surgem no colégio, Jessie se assusta, se afasta, por conta dos comentários e dos seus próprios sentimentos, Katie se desesperada e escreve uma carta linda a Jessie, que lê, fica sem chão, então Katie aparece na casa de Jessie e entre verdades e lagrimas, Katie resolve pedir que Jessie esqueça a carta, que elas voltem a ser apenas amigas. E é então que Jessie diz a ela que ela não pode esquecer a carta, porque ela quer ficar presa naquela carta pra sempre (So Cute, so cute…!)e o tão esperado beijo acontece. Com um pedaço de cena que é bem interessante. Elas dão o primeiro beijo, ai Jessie se afasta, olhando para ela, suspira e “Uau”, e a nossa querida Katie sorri e diz “É, eu sei”, com cara de tipo “Meu beijo é tudo de bom, tudo bem , as meninas sempre reagem assim” rs. Once and Again Forever ^^

<!–[if !mso]> <! st1\:*{behavior:url(#ieooui) } –>

06. House – Thirteen e Spencer: A pegada sexy de Olivia Wilde em ação

Em cena: Olivia Wilde e Angela Gots.

Desde a primeira aparição de Olívia Wilde em House esperava-se uma cena assim, uma vez que a bissexualidade de Thirteen foi deixada clara logo nos primeiros episódios (A cena dela assistindo uma novela com House e dizendo “Eu acho que já peguei essa enfermeira… Não, não, eu acho que essa ainda não” é absolutamente impagável! A cara que o House faz? Tipo “Totalmente demais”, adoro essa cena! Capítulos depois, veio o episodio “Lucky Thirteen” em que a Doutora Thirteen pega uma moça (que já rodou em The L Word, na quinta temporada se não me engano)em um bar e decide levar para sua casa. Entre taças de vinho e rock and roll, Thirteen mostra como entende do assunto e absolutamente deixa a moça sem chão, sem luz, sem ar, sem roupas, sem reação… Ó mulher que sabe pegar direito viu? Em relação a Olívia Wilde, eu estou com Megan Fox, dá vontade de estraçalhar uma montanha de touros com as próprias mãos! E a Thirteen bem que poderia voltar a ser a nossa médica misteriosa e pegadora e nos dar mais cenas assim, né?

4 comentários (+add yours?)

  1. Cáh
    Jan 12, 2010 @ 19:02:25

    WOW!
    Eu nunca curti Buffy mas a Willow merece sempre uma chance😀
    Heroes e suas mensagens sublinhares :#

    Responder

  2. elisangela
    Mar 08, 2012 @ 18:21:34

    já curti Buffy mais Willow e tara não cheguei a ver

    Responder

  3. Lari
    Jun 30, 2012 @ 01:07:10

    Tara e willow era tdo via qnd era pequena no sbt eu sempre sonhei com amor assim agora tenho minha mozinha *-*… adorava elas

    Responder

  4. Flavia Cris
    Maio 04, 2013 @ 18:11:16

    no episodio bargain também tem um beijo delas. Willow e tara forever

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

"Every time a lesbian comes out, an angel gets her wings..." ^^

Contador de Visitas ^^

Contador de visitas
%d bloggers like this: