Paily, Minky, Brittana… Que semana!

Semana passada no que diz respeito a seriados, foi uma semana memoravelmente colorida, que tão cedo não será esquecida ^^ O Tumblr, que é a rede social com maior porcentagem de meninas lésbicas por post quadrado enlouqueceu, minha dashboard nunca recebeu tantos gifs e imagens com tantos ships girl on girl ao mesmo tempo, sério, nunca ¬¬ Paily, Minky e Brittana dominaram as dashboard de meio mundo ^^

Vamos começar por Paige e Emily, em Pretty Little Liars. Eu confesso que está série maravilhosa tem o mal de brincar com meus sentimentos e com cérebro tudo ao mesmo tempo. Emily, que começou como a quinta na linha de protagonismo da série, posso eu estar enganada, mas neste momento está situada bem na ponta do enredo. Shay Mitchell, essa criatura resultado de uma mistura bem sucedida de Jennifer Lopez e Nicole Schenzinger, evoluiu tanto do primeiro capítulo até o último exibido, o penúltimo antes do final da primeira temporada, sua Emily saiu de menina em negação da sua sexualidade para a garota que se assumiu para todo mundo, dos pais até a escola inteira, que era gay, e que tinha muito orgulho de quem ela era. Ela primeiramente se envolveu com Alison, a menina má da história, que quebrou seu coração em mil pedaços, porém Emily o colou novamente e o entregou para Maya. Elas eram fofas juntas, mas eu sempre senti que faltava alguma coisa, faltava… Sensualidade. Então a mãe de Emily deu um jeito de despachar Maya da vida de Emily, e Maya inesperadamente deu um jeito de se livrar de Emily. Em consequência disso, Emily se livrou dela depois de uma bebedeira (aliás, que engraçado a Emily bêbada, o ataque de sinceridade dela foi impagável, o andar pra lá e pra cá e o olhar de “Bebi tudo” foi absolutamente demais rs), e quando a gente pensava que era o fim de um casal lés na série, apareceu Paige.

Paige a supercompetitiva colega de time de Emily, que inicialmente fez de tudo para derruba-la mas em seguida, sucumbiu a beleza e a doçura de Emily. O primeiro beijo Paige roubou dentro do carro de Emily, no capítulo seguinte elas estavam em um bar trash, aonde Paige se despiu da carapaça de menina má e se mostrou inteira a Emily, ela se solta, dança e canta num karaokê, e mais do que isso, Paige faz com que Emily literalmente, cante a sua canção com ela. No outro dia elas estão num piquenique no meio do nada, romanticamente deitadas numa toalha quadriculada. E Emily se dá conta de que, ao contrário de como era com Maya, com Paige sempre será assim, as escondidas, e decide que esse retrocesso ela não está disposta a encarar. Porém, contudo, entretanto, o episódio da última semana foi de forma geral, um sexyback desta série. As coisas ficaram bem mais sensuais nesses últimos episódios, Hanna perdeu a virgindade, Spencer dormiu com Toby em uma cena envolvendo pouquíssima roupa, Aria e Ezra foram a outra nível e Emily não poderia ficar para trás, a sensualidade que faltava em Emily e Maya deu as caras com Emily e Paige ^^ E quando eu já estava totalmente apaixonada por essas duas, és que esta série em seu penúltimo episódio nos apresenta a Samara, uma universitária que integra um grupo de ajuda para meninas que ainda não conseguiram sair do armário. Paige entra em contato com ela para pedir uns conselhos a ela sobre se assumir, porém no momento do encontro ela perde a coragem e com isso praticamente joga Emily no colo de Samara, e aqui estou eu e metade dos fãs de Emily divididos entre Paige e Samara. Pretty Little Liars está tão bom, mas tão bom que é uma pena saber que só resta um capítulo a mais. O jeito é esperar a próxima terça e descobrir para que lado nossa querida Emily irá caminhar ^^ Deixando claro que este caminho aqui, me parece maravilhoso😉


E vamos para Minky. Minky é o casal de Skins UK, recém formado por Minni e Franky. Bem, Minni é a abelha rainha desta temporada, fazendo uma alusão às temporadas passadas ela é uma mistura de Michelle, Katie e Naomi, explicando, ela possui a beleza que tinha Michelle, a personalidade de Katie Fitch e a negação de Naomi. Ela é a típica garota narcisista em negação, ela luta para parecer como as outras, é viciada em academia, controla seu peso a todo custo, cuida do seu corpo acima de tudo, se veste bem, namora o capitão do time de qualquer coisa que eu não consigo lembrar agora, se gaba de tudo em absoluto, gosta de mostrar o que tem. Em seu episódio, o quarto desta temporada, refém de sua posição social Minni perde a virgindade contra a sua vontade física, ela foge o quanto pode deste momento, mas acaba sucumbindo ao que vão pensar dela. Franky estreou a terceira temporada de Skins, seu episodio nos apresentou a uma garota que é o oposto total de Minni, alguém que não se prende a padrões sociais ou de beleza, alguém que não possui nenhum preconceito e nem se defini antes de conhecer a si mesma com segurança. Ela é aberta a tudo e a todas as possibilidades, não se diz gay, não se diz hetero, apenas vive aberta a descobrir coisas sobre si e sobre os outros.

Ela mal pisa na escola e já se torna alvo de Minni, suas implicâncias e brincadeiras estupidas, bullying gratuito, e comprovando a minha concepção de bullying, usando os termos de Paulo Freire, o bullying acontece quando o Demais necessita do de Menos para se afirmar. E ainda com Freire, a revolução dos de Menos só é válida quando foca na redenção e na humanização dos de Mais. Parabéns, Franky, sua revolução é totalmente válida. Ela nunca reagiu a Minni, e sempre deu a mão a ela quando a sociedade que ela criou em volta de si a atropelava. No episódio da ultima semana, que por ventura também é o penúltimo desta temporada, Minni se humanizou. Quebrou sua proteção social, e como Olivia sua melhor amiga já havia declarado, há coisas sobre a Minni que ninguém jamais imaginaria. Minni beija Franky em uma cena super tocante. “ I’m more into people”, algo como “Eu estou mais em pessoas”, não importa se homem ou mulher, o que importa é o sentimento cravado naquela pessoa. Skins, mais uma vez, nos toca como nenhuma outra série é capaz, e não, Minky não é mais um casal lésbico de Skins, Minky é o primeiro casal pansexual da série, o primeiro da história das séries aliás, amor focado em pessoas, não em gêneros. E mais uma vez eu vou sofrer com um ultimo episodio de uma historia que eu estava amando ^^


E por último e não menos importante: Brittana. Brittany e Santana. Nosso até pouco tempo atrás, utópico casal de Glee. E os elogios que saltam do fundo do meu coração de fanática por séries, infelizmente não podem se estender a Glee. De maneira geral, eu não gosto dessa temporada de Glee. Não existe uma história âncora, que permeie as historias paralelas como exista na primeira, os números musicais perderam o charme de antes, que era o capricho delicado e simples de antes e a série, em si, está mais promiscua (no sentido de troca de casais) que qualquer uma outra. Os episódios em si são bons, mas são avulsos, não existe nenhuma conexão ou continuidade entre eles, cada um conta uma história que nada condiz com uma grande história geral. E tal como assim, acontece com Brittana. Tivemos um momento maravilhoso no quarto episodio desta temporada e depois não tivemos mais grande coisa (e nem o que tínhamos antes que era fofo demais ^^), porém, mesmo nas entrelinhas (e na boa vontade das atrizes em transformar uma cena corriqueira em algo mais) Brittana nos deu migalhas até o esperado episódio denominado Sexy, que bem poderia se chamar Love. Nele Brittany e Santana reconhecem que o que acontece entre elas é mais do que sexo, buscam ajuda com Holy Hollyday (na minha opinião, o melhor dessa temporada ^^), cantam com ela a maravilhosa Landslide e nos brindam ao final, com a quebra da armadura de Santana, que se declara a Brittany em uma cena maravilhosa, com um dos diálogos mais maravilhosos que eu já ouvi em Glee.


Porém, no seguinte último episódio desta temporada, tudo vem a baixo e voltamos a estaca zero. Quem rouba o episódio é Kurt Blaine, que obviamente também tem sua devida importância, mas lembrando que dois episódios antes Blaine estava apaixonado por outro cara, no episódio seguinte estava beijando a Rachel. Não há conexão e nem desenhos bonitos em historia alguma. Ryan Murphy, eu odeio você. E sinto que Naya Rivera e Heather Morris estão quase nesse nível também. As atrizes andam defendendo suas personagens com unhas e dentes ^^ A exemplo de Kat Prescont e Lilly Loveless e mais recentemente agora Brooke Vincet e Sacha Parkinson (que são melhores amigas desde quando tinham 6 anos de idade ^^) de Coronation Street, que formam um dos mais consistentes e fofos casais da atualidade, Naya e Heather realmente respeitam seus fãs e suas personagens. Vou terminar com a declaração de Heather a revista Out:

“Nós gravamos uma cena ontem que eu estou ansiosa para que os fãs vejam. As pessoas não querem que a relação delas seja uma PIADA. Eles querem algo real. Algo que tenha impacto sobre as pessoas”

Falou tudo Heather ^^

Obs: eu ainda estou definindo se gostou ou não da Tea, de Skins USA. Ela começou sendo tudo o que se desejava dela, agora anda sendo idiota, mas Sophie Black D’elia está espetacular em sua interpretação, até aonde eu vi ela havia traído sua melhor amiga Michelle ficando com o namorado dela, Michelle havia descoberto, contado a Beth, quase namorada de Tea, e Beth e Michelle terminaram o episódio fugindo juntas, de mãos dadas, bastante próximas. Vamos ver no que dá toda essa loucura ^^



11 comentários (+add yours?)

  1. celly
    Abr 08, 2011 @ 18:28:37

    Essa Franky eh muito linda

    Responder

  2. Katarine Gomes
    Set 25, 2011 @ 23:47:50

    adorei o site , me chamo Katarine tenho 29 anos deixo meu e-mail pra contato e msn katarine53@hotmail.com

    Responder

  3. juh
    Out 20, 2011 @ 11:00:09

    gostei muito do site *-*

    Responder

  4. brit
    Dez 28, 2011 @ 11:46:23

    Brittana *-*

    Responder

  5. Bach
    Jan 14, 2012 @ 20:47:25

    aa Tea e muuito phodenha adoreei o cap dela do skins é o final dela tbm put’z muito fofo ‘ super

    Responder

  6. juliana
    Fev 29, 2012 @ 18:20:28

    eu quero mto que a santana e a brittany fique juntas, agora é esperar a terceira temporada………..

    Responder

  7. Elisa
    Abr 24, 2012 @ 18:52:53

    bem ainda bem que o casal brittana se desenvolvel afinal ja tava mais que na hora e o bom tambem e que naya e heather estão ganhando mais destaque bem merecidos pois naya e muito talentosana cantoria pra mim e a melhor cantora do glee depois vem mercedes e heather dança demais assisto glee por causa dela a coreografia que ela dança eu fico bestinha muito boa por consequencia acabei gostando da personalidade da santana e namoral o casal klaine e fofo e tudo mais mais o diretor ta focando demais nele ja chega ne vamos dividir as coisas inguais e por isso que a maioria odeia blaine

    Responder

  8. larah
    Maio 04, 2012 @ 16:32:04

    adorei o site *-*

    Responder

  9. Cherry
    Jun 08, 2012 @ 05:28:11

    adorei o modo como você descreve as series! me deu até vontade de voltar a ver pretty little liars… eu tinha parado quando acabou a primeira temporada e já tinha impressão de rolaria algo entre a emily e a paige
    fico feliz de estar certa *-*

    Responder

  10. Ainara
    Ago 29, 2012 @ 11:53:16

    Amuh Brittana <3'

    Responder

  11. andressa ferreira
    Set 11, 2012 @ 04:54:10

    bem o Ryan está valorizando muito Klaine mesmo e eu sendo fã de Faberry e Brittana ñ estou satisfeita não porque como todos fãs queren ver Blaine e Kurt se beijando nós fãs de Quinn e Rachel,Brittany e Santana tbm queremos ver algo a mais,pelo que eles estão fazendo da pra perceber que eles preferem mais um casal gay do que uma lésbica e isso não é legal.Eu amei a 2º temporada de Glee porque nessa temporada teves alguns lances Faberry e eu adorei,já agora na 3º temporada ta uma droga sério mesmo teve 1 episodeio só que teve Faberry,mais o que valeu mesmo foi o tapa que a Santana deu na cara do Finnutio depois que ele falou pra todo mundo que ela era lésbica foi espetácular,na verdade na minha opinião quem deveria sofrer o acidente era o Finn e morrer de vez quem sabe ele iria parar de se entrometer no meio da Quinn e Rachel.Bem já na série skins eu amei Emily e Naome mais eu só gostei delas na 4º temporada.Pretty Little Liars eu só assistia essa série pra descobrir quem era a -A mais eu adorei a Emily com a Paige mais a que eu amei mesmo foi a Emily com a Samara elas são lindas juntas o que eu não gostei mesmo foi ver a Emily com a Maya não combina.Eu espero gostar da Minni e Franky por que elas são lindas ok só isso mesmo eu falando só de Faberry valeu kkkkk

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

"Every time a lesbian comes out, an angel gets her wings..." ^^

Contador de Visitas ^^

Contador de visitas
%d bloggers like this: